Calcule seu IMC

  • Ex: 65,5
  • Ex: 1,70

Resultado do seu IMC:

Resultado do IMC

Introdução

A obesidade atualmente atinge 1/3  da população mundial e é definida pelo acúmulo excessivo de gordura no corpo. Quando atinge grandes proporções passa a ser chamada de Obesidade Mórbida.

Por que engordamos?

O aumento excessivo de peso tem diversas causas:

  • Excesso na ingestão de calorias (quantidade e/ou qualidade)
  • Falta de atividade física
  • Hereditariedade
  • Distúrbios hormonais
  • Fatores psicológicos

Por que buscar um tratamento?

A obesidade se não tratada, aumenta o risco de morte em até 50%  e  provoca e/ou complica uma série de doenças, como:

Diabetes Tipo 2

Doença causada pela presença de altos níveis de glicose no sangue. Decorrente de defeito na produção e/ou ação da Insulina.

Dislipidemias

Doença relacionada ao aumento de gordura circulante, particularmente o colesterol ruim (LDL), redução do colesterol bom (HDL), e aumento dos triglicérides.

Hipertensão Arterial

Aumento da pressão sanguine

Artropatias

Doenças degenerativas e por excesso de carga em coluna, joelho etc

Irregularidade Menstrual

Incontinência Urinária

Distúrbio do Sono

Principalmente, a apnéia do sono

Disfunção Cardíaca

Doenças Vasculares

Disfunção Respiratória

Aumento do risco da ocorrências de alguns tumores

Síndrome Metabólica

Caracterizada pela associação de fatores como intolerância à glicose, hipertensão arterial, dislipidemias,  obesidade, em particular a do tipo abdominal, que dá ao corpo o formato semelhante ao de uma maçã. Está relacionada a um aumento dramático de ocorrências de eventos cardiovasculares (infartos, derrames e tromboses), aumenta o risco de Diabetes Tipo 2 e, portanto, aumenta o risco de morte. É doença  mais grave que a obesidade isolada.

Critérios para  diagnóstico da Síndrome Metabólica

  • 1) Glicose ≥ 100 mg/dL ou em tratamento para hiperglicemia
  • 2) Obesidade - Cintura ≥ 102 cm para homens ou ≥ 88 cm para mulheres
  • 3) HDL - Colesterol aHomens: < 40 mg/dL ou em tratamento para HDL baixo aMulheres: < 50 mg/dL ou em tratamento para HDL baixo
  • 4) Triglicérides ≥ 150 mg/dL ou em tratamento para triglicérides elevados
  • 5) Hipertensão arterial ≥ 130 x 85 mmHg ou em tratamento medicamentoso

Classificação de IMC  (Índice de Massa Corpórea)

Classificação de IMC

Resultado

  • IMC > 40 - Obesidade Mórbida
    Você está muito acima do peso ideal. A Cirurgia da Obesidade é totalmente indicada. Desde que, realizada a preparação adequada.
  • IMC – 35 a 39,9 - Obesidade Grau 2
    É preciso emagrecer. No caso de apresentar doenças associadas à obesidade, a cirurgia é recomendada.
  • IMC – 30 a 34,9 - Obesidade Grau 1
    Nesse estágio, você pode se deparar com alguns sintomas de doenças causadas pelo excesso de peso. É indicado procurar um tratamento clínico com endocrinologista. A cirurgia pode ser recomendada em situações especiais e, principalmente, no caso de possuir Diabetes Tipo 2.
  • IMC – 25 a 29,9 - Sobrepeso
    Você está acima do peso, porém não é considerado obeso. O indicado é que procure um tratamento clínico com endocrinologista.
  • IMC – 18 a 24,9 - Peso normal
    Não se preocupe, você está dentro dos padrões normais de peso.

Critérios relacionados a idade

Sobre a indicação de cirurgia para adolescentes com idade inferior a 16 anos, não há estudos suficientes para se determinar de modo conclusivo a validade da mesma, exceto em casos raros de síndromes  genéticas  associadas à obesidade. Por outro lado,  não existem estudos que a contraindiquem. A Resolução 1.942/2010  do Conselho Federal de Medicina cita a idade mínima de 16 anos, com advertência quanto a ponderação dos riscos e benefícios.

  • Entre 16 a 18 anos:
    Sempre que houver indicação e consenso entre a família e equipe multidisciplinar.
  • Entre 18 e 65 anos:
    Sem restrições quanto a idade.
  • Acima de 65 anos:
    Apesar de não haver contraindicação associada a idade exclusivamente, fica a critério da equipe a decisão sobre o caso, levando em conta suas particularidades e riscos

Tipos de Cirurgias

As cirurgias levam em conta dois princípios básicos:

  • Restringir o volume de alimento, reduzindo o tamanho do estômago (restrição)
  • Diminuir a capacidade do intestino absorver o alimento, reduzindo a extensão do intestino (disabsorção).

Desta forma, há três tipos de cirurgia, pelas quais podemos combinar restrição, disabsorção ou ambas (técnicas mistas):

Dr. Marcelo Z. Salem - CRM 59.961 - Mestre e Doutor pela Faculdade de Medicina da USP

contato@centrodecirurgia.com.br - Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues 46, conj 21, 22 e 23 Vila Nova Conceição - Cep 04544-000 São Paulo - SP | Tel: (11) 3849-0800

Centro de Cirurgia Avançada Dr. Marcelo Salem - Todos os direitos reservados - 2011

RS Web Interactive Dr. Salem agenciars.com.br